quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Fotos do Passeio TVP

Neste post irei colocar varias fotos do passeio dos Transportes Colectivos do Barreiro (TCB) Foi um dia memorável, tanto para gente ligada aos transportes públicos como aqueles que se interessam pela CUF. As imagens falam por si.





Autocarro da UTIC AEC dos TCB onde foi efectuado o passeio e o motor do autocarro a trabalhar.



Lado esquerdo Bairro Operario da CUF e do lado direito pode-se observar o antigo centro médico.



Subida para o Bairro Operario da CUF, este foi o primeiro bairro construido em 1908



Antiga Sede do Grupo Desportivo da CUF, como as coisas mudam.... O busto do Senhor Alfredo da Silva, devido alterações de transito nesta área, foi transferido em 1973 para as Fábricas da UFA onde hoje pode ser visto.







A grande maioria do antigo complexo da CUF encontra-se ao abandono ou á espera que um novo plano habitacional, o resto do espaço é como podem ver na ultima fotografia um espaço ocuapado por firmas e empresas.



Esta Roda Dentada estava no portão da Colonia de Férias da CUF em Almoçageme



Fardo de Juta de onde eram feitas as cordas e outros sub-produtos da Zona Textil



Uma Meadeira



Um Tear



Vitrine onde estão expostos os produtos da Zona Textil



Zincogravuras para a impressao de sacaria olhando atentamente podemos ver as chapas para a exportaçao de adubos da CUF para o Irão e para a China.



Carro de Bombeiros dos primeiros anos da CUF



Maca onde eram transportados os sinistrados dos acidentes de trabalho na CUF



Aspecto de um Consultório Médico na CUF



O Trofeu de Segurança era atribuido semestralmente ás Zonas (ex. Zona Acidos, Adubos, Química Têxtil, Metalo-mecância etc) que tivesse menos acidentes.



Livro de Homenagem a D. Manoel de Mello

4 comentários:

carmo disse...

No posto médico da CUF no Barreiro, onde nasci, os operários e familiares tinham ao dispôr consultas de clinica geral 24 horas por dia 7 dias por semana e consultas de especialidade várias vezes por semana, além das consultas ao domicílio se necessário. Um luxo nos dias de hoje, e em que muitas pessoas nem acreditam quando menciono o assunto e comparo com os meses de espera por uma consulta no SNS.

Tina disse...

Fui uma das crianças que usufruiu da Colonia de Ferias da CUF entre 62/68. Foi um Campo de Sonhos, férias maravilhosas, sem igual. Não esqueci os cheiros e aromas, principalmente o dos Dormitórios, até hoje nenhum mestre perfumista conseguiu engarrafar-los, eram únicos. Eu era encarnada, sinal que provinha do norte. Creio, que as azuis eram de Lisboa, as amarelas do Barreiro, as verdes de Setubal e as castanhas do sul.
Há alguém que possa confirmar?
Alguém se lembra, da famosa Sopa de Chocolate ? Alguém sabe a receita? Alguém tem fotografias ou filmes que possa publicar? Lembro-me de sermos filmadas,talvez em 65,durante os espectaculos,os jogos, na praia... Adoraria ver esses filmes. Alguém se lembra como se iniciava a canção:

... são perguntas sem respostas !
Um mistério que se esconde,
o que a gente vê, e o que vê, a gente gosta,
Pergunta ao vento, mas o vento não responde !

Carmo, é totalmente verdade o que diz. No norte era rigorosamente igual.Não admira que não acreditem, quando vinhamos da Colónia, e tentavamos descrever a experiencia, à família e aos amigos, eramos consideradas na melhor das hipóteses crianças fantasiosas, quase sempre mentirosas compulsivas. Algumas, até eram mal-tratadas, lembro-me inclusive de algumas historias caricatas contadas pelas garotas que vinham da Regua e de Vila Real.

Ricardo Ferreira disse...

Cara Tina, um muito obrigado pelo seu testemunho, que para este blogue é sempre importante. Agradeço ainda a informaçao sobre as cores dos chapéus respectivas das crianças, facto que eu desconhecia e que agora gostava de apurar melhor. O filme que se refere datado de 1965, foi uma curta metragem realizada pela CUF chamada "Vamos a Almoçageme" com grande pena minha nunca o visionei, e neste centenário da CUF infelizmente não foi um dos filmes escolhidos para ser restaurado. Bom espero que tanto esse como outro chamado "A Oliveira e a Pirite" sejam também eles restaurados. Quando a imagens ou filmes, olhe não sei se já o fez, mas no meu blogue há um filme chamado Territorio CUF lá para o meio do filme aparecem imagens da colónia de férias, já com uma cor muito esbatida e da vida na colónia que são deliciosas, foi retirado de outra curta metragem da CUF mais antiga datada de 1962 chamada "Criando Fontes de Trabalho" e que tão bem assenta este nome a uma Companhia que sempre se resumiu a isso mesmo, criar fontes de trabalho e criar riqueza para o país. E optimo poder ler estas histórias que muito agradeço que comigo partilhem. Mia uma vez um obrigado. Ahh e é sempre bem vinda a este blogue Tina, hoje ou amanha vou colocar para si no blogue uma coisa que muito vai gostar vai ver.

cumprimentos Ricardo Ferreira

Anônimo disse...

Eu também nasci no Posto médico