sexta-feira, 8 de abril de 2011

Documento referente ao Estaleiro Naval da CUF



Um velhinho e curioso documento de identificação datado de 1944, do Ministério da Marinha, para entrada no Estaleiro Naval da CUF. Como podemos ver no canto superior esquerdo, está escrito a lápis o número do trabalhador que era o 5505. Infelizmente a letra não me permite descobrir a profissão deste senhor, apenas é legível a parte do trabalhador. É a primeira vez que vejo um documento destes bem como o carimbo do Delegado do Ministério da Marinha junto da CUF. No verso pode ler-se a explicação sobre o referido documento.

2 comentários:

João Celorico disse...

Caro Ricardo Ferreira,
tanto quanto eu posso observar e atendendo ao que fui ouvindo, este trabalhador, "trabalhador do Turno Volante", hoje talvez se chamasse um "trabalhador eventual" e por consequência não era efectivo. Eram estes os que, normalmente, iam no "balão" quando faltava o trabalho. Também se costumavam chamar "trabalhadores do gancho". Por isso a nota do Ministério para que ele comunicasse quando estivesse a trabalhar numa empresa não abrangida pela requisição militar.
Quanto a profissão, efectivamente não a menciona creio por não ser necessário.
Isto é a minha interpretação e vale o que vale!

Cumprimentos,
João Celorico

Ricardo Ferreira disse...

Caro João Celorico
Muito obrigado pela explicação dada no seu comentário. Sendo um matéria que ainda não estudei a fundo, é sempre bom receber informações de quem conheceu a realidade por dentro. Na vida estamos sempre a aprender uns com os outros. Mais uma vez obrigado e parabéns pelo seu excelente blogue.

cumprimentos
Ricardo Ferreira