sexta-feira, 19 de setembro de 2008

As Comemorações dos 100 anos da CUF no Barreiro

Faz hoje precisamente 100 anos era colocada a funcionar a primeira unidade fabril do Complexo do Barreiro - A Extracção de azeite do bagaço. De 1908 até 1975, o complexo da CUF jamais deixaria de crescer, diversificar-se, dotada das mais modernas técnicas, sendo um paradigma da história da industria portuguesa. O nome do Barreiro passou a ser reconhecido a nível internacional, e disso atesta a extensa lista de visitantes estrangeiros que a visitaram ao longo de décadas. Hoje o seu panorama é bem diferente, a braços com a desindustrialização que nesse local já se vem sentindo desde o final da década de 80, é também palco de novos planos de expansão por parte da Câmara Municipal do Barreiro.

Este blogue associa-se ás comemorações que hoje serão feitas no Barreiro. Deixo aqui na integra a noticia do blogue Rostos On-line:

. Lançamento do livro-álbum “A Fábrica”, coordenado por António Camarão, António Sardinha Pereira e José Leal da Silva

. Apresentação do livro “A Rua do Ácido Sulfúrico”, da autoria de Jorge Morais

A Comissão Organizadora das Comemorações do Centenário da CUF no Barreiro, celebrando a data em que iniciou a produção a primeira fábrica da CUF, no Barreiro, promove, no dia 19 de Setembro, a apresentação de diversas obras e, também, o lançamento da colecção filatélica “Cem Anos da CUF”, uma emissão dos CTT com carimbo do primeiro dia.

Foi no dia no dia 19 de Setembro de 1907 que, no Barreiro, iniciou a sua produção a primeira fábrica da CUF, para assinalar esta data a Comissão Organizadora das Comemorações do Centenário da CUF no Barreiro, constituída pela Câmara Municipal do Barreiro, pela Companhia União Fabril – SGPS, SA e pela Quimiparque – Parques Empresariais, SA, vai promover pelas 17 horas, no Restaurante Palácio Alfredo da Silva :o lançamento do livro-álbum “A Fábrica”, coordenado por António Camarão, António Sardinha Pereira e José Leal da Silva.
Será, igualmente, efectuada a apresentação do livro “A Rua do Ácido Sulfúrico”, da autoria de Jorge Morais, de referir que ambas as publicações são da responsabilidade da Editorial Bizâncio.
Neste mesmo dia, será efectuado o lançamento da colecção filatélica “Cem Anos da CUF”, uma emissão dosCTT com carimbo do primeiro dia.

A sessão realizar-se-á no dia 19 de Setembro, pelas 17 horas, no restaurante “Palácio Alfredo da Silva”, sito na Rua Lawes, nº 2-A, no Bairro Velho da CUF,junto ao antigo Cinema da Quimigal, no Barreiro.

Um comentário:

Anônimo disse...

o unico comentario e que faltam muitas cuf,para que portugal possa sair da miseria em que se encontar,por causa do 25 de abril ,e da nacionalizacao deste empresa e desta escumalha politica e comunistas e intelectuais de esquerda, e que este pais se encontra assim,viva o fundador deste empresa,sr,ALFREDO SILVA, E So um SALAZAR,pode salvar este pais ,destes abutres,AT.